Publicado em 30/10/2023 09:56:55 - Atualizado em 11/02/2024 08:51:52

Três idosas são atropeladas e morrem a caminho da igreja, na zona norte de SP

Segundo a PM, o motorista, de 19 anos, parecia estar alcoolizado, mas se recusou a fazer o teste em um primeiro momento

Três idosas são atropeladas e morrem a caminho da igreja, na zona norte de SP
As três idosas que morreram no acidente eram amigas REPRODUÇÃO/RECORD TV

Três idosas morreram após serem atropeladas a caminho da igreja no bairro Tucuruvi, na zona norte de São Paulo, na manhã deste domingo (29). O condutor do veículo aparentava estar alcoolizado — assista ao vídeo do atropelamento abaixo.

Segundo a Polícia Militar, agentes estavam nas proximidades quando foram acionados para um acidente na avenida General Ataliba Leonel, por volta das 7h15.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram três vítimas: Leonilda Aparecida dos Santos, de 78 anos, Alcina Kramer da Silva, de 82 anos, e Alzira Rodrigues Alves Teixeira, de 76 anos.

Um circuito de câmeras de segurança a que a Record TV teve acesso mostra o momento em que as vítimas caminham quando um veículo vermelho aparece descontrolado e em alta velocidade pela via, até invadir a calçada e atingir as mulheres

Uma palmeira foi atingida e derrubada com o impacto da colisão.

Conforme o Corpo de Bombeiros, Alcina sofreu um trauma cranioencefálico moderado e um trauma no tórax, sendo socorrida no Hospital Santa Maggiore junto com Alzira, que teve uma contusão no tórax. Leonilda foi levada para o pronto-socorro do Hospital do Mandaqui.

As três idosas, apesar de serem socorridas, morreram. Todas estavam a 300 metros de distância da igreja que frequentavam.

Motorista recusou bafômetro

Durante a abordagem ao condutor do veículo, de 19 anos, os agentes relataram que o suspeito apresentava comportamento de uma pessoa alcoolizada, mas que havia se recusado a realizar o teste do bafômetro.

Com o impacto da batida, uma palmeira chegou a cair na via

Com o impacto da batida, uma palmeira chegou a cair na via /  REPRODUÇÃO/RECORD TV

 

Em estado mais sóbrio, depois de algumas horas, o homem aceitou o teste, que deu negativo para a presença de álcool no corpo.

Após o atropelamento, o suspeito foi impedido por populares de abandonar o local do acidente. Tanto o veículo quanto os documentos do homem estavam regularizados.

Ainda segundo os policiais, o rapaz voltava de uma balada, acompanhado de um casal de amigos no carro. Nenhum dos três sofreu ferimentos graves e apenas uma menina foi socorrida por familiares, após alegar estar com dores no rosto.

Cinco equipes dos bombeiros foram deslocadas para o atendimento. As vítimas devem ser enterradas nesta segunda-feira (30).

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado ao 39° DP (Vila Gustavo), onde o caso foi registrado.

Fonte: noticias.r7.com


Categorias: Policia
Mais Notícias

Página 1 de 366